Dica Do Tuguinho

Uma dica para o teu ex namorado não divulgar vídeos com voces a fazer sexo: Não graves vídeos a fazer sexo.

- Tuguinho

Ontem em Oslo na Noruega, o Prémio Nobel da Paz foi entregue a três mulheres – Ellen Johnson Sirleaf, presidente da Libéria, Leymah Gbowee,  activista liberiana e a Tawakkul Karman, activista iemenita.
Nobel da Paz de 2011
Tawakkul KarmanLeymah Gbowee e Ellen Johnson Sirleaf (da esquerda para a direita, respectivamente).

Tawakkul Karman, de 32 anos, foi uma das figuras do movimento que levou ao período de transição para que o presidente do Iémen, Ali Abdullah Saleh, abandone em fevereiro o cargo que ocupa há 33 anos.

Leymah Gbowee, de 39 anos, foi encarregada de organizar o movimento de paz que colocou fim à Segunda Guerra Civil da Libéria em 2003, o que conduziu à eleição de Ellen Johnson Sirleaf.

Ellen Johnson Sirleaf, de 73 anos, foi a primeira mulher eleita democraticamente chefe de estado de um país africano.

Em comunicado o Comité do Nobel norueguês refere o porque da atribuição do prémio – “Por sua luta não-violenta para a segurança das mulheres e pelos direitos das mulheres à sua plena participação na construção da paz e trabalho”.

Sucedendo a Liu Xiaobo, que antes sucedeu a um tal de Barack Obama, que pelo meu ponto de vista não teve nenhum mérito para a entrega de tal prémio, este ano o prémio foi bem atribuído.

O que achaste das vencedoras deste ano, mereceram?

  • Partilhar

Com um total de 1 posts.

Comenta com força que é de graça!