Dica Do Tuguinho

Há duas coisas que precisas de saber levantar sem medo: A cabeça e o dedo do meio.

- Tuguinho

Uma Chinesa pediu a partilha dos Bens virtuais, após se ter separado do marido.

Após o divorcio, a Chinesa pediu ao Tribunal que também houvesse partilha no dinheiro virtual e outros objectos da Internet, já que as passwords estão no poder do ex-marido, e era a sua identificação que era usado.

O Tribunal rejeitou o pedido, pois os bens virtuais só podem ser regulados pela lei, se estes tiverem relação com o mundo real, isto é, se forem pagos com dinheiro real.

  • Partilhar

Grande viciado em Internet. Há vários anos pela Internet, e a bloggar desde 2009... Só o futuro dirá onde vai parar...

Com um total de 16 posts.

2 Comentários

  1. 12 de Janeiro de 2011 ás 0:37

    Nossa, que absurdo. Nem bens na internet são indivisiveis 🙁

  2. 12 de Janeiro de 2011 ás 22:48

    heheheheh..
    Realmente eu morro e não vejo tudo o.0
    Mas realmente se as coisas virtuais são tão importantes hoje em dia deveriam ser separados também através da justiça!

    Abraço!

Comenta com força que é de graça!