Dica Do Tuguinho

Há duas coisas que precisas de saber levantar sem medo: A cabeça e o dedo do meio.

- Tuguinho

da-weaselOs portugueses Da Weasel, uns dos grupos que melhor souberam unir o hip hop ao rock, anunciaram ontem que puseram fim ao projecto, 17 anos depois da fundação, revelou a editora EMI.

Em 2009, a banda de Almada tinha anunciado que faria uma pausa no projecto, depois de anos consecutivos de concertos e gravações discográficas.

Agora anunciam oficialmente o fim do grupo, restando aos fãs a discografia até agora editada e canções como “Good Bless Johnny”, Dúia”, “Agora e para sempre (a paixão)”, “Ressaca”, “Dou-lhe com a alma”, “Dialectos de ternura” e “Tás na boa”.
Alguns dos músicos prosseguem caminho na música em projectos paralelos, como João Nobre e Pedro Quaresma, que assumem os Teratron e que editaram esta semana o álbum/banda desenhada “As cobaias”.

Carlos Nobre (Pacman) lançou este ano o projecto punk hardcore Os Dias da Raiva e Virgul integra os Nu Soul Family.

Os Da Weasel surgiram em Almada em 1993 e editaram seis álbuns de estúdio, um EP e dois DVD ao vivo.

Com uma confortável base de fãs, abrangendo uma larga faixa etária, de crianças a adultos, os Da Weasel protagonizaram, mais recentemente, alguns momentos raros em bandas portuguesas, como esgotar o coliseu de Lisboa e o Pavilhão Atlântico, registados em DVD ao vivo.

“Amor, Escárnio e Maldizer” foi o último álbum de originais que o grupo editou, em 2007, e que na altura representava um amadurecimento da sonoridade.

em: JN
  • Partilhar

Sou o criador do LibertyTuga e também um rapazinho de 24 anos, iniciante em web-development e web-design. Podes me seguir no Twitter ou entrar em contacto comigo no msn ou por email.

Com um total de 940 posts.

3 Comentários

  1. Pedro Santos
    15 de Dezembro de 2010 ás 21:02

    Boa noite,

    Pessoalmente gostava dos Da Weasel, é com tristeza que vejo o fim da banda. 🙁

    Abraço

  2. 16 de Dezembro de 2010 ás 18:18

    @Pedro Santos: É uma perda para Portugal.

  3. 19 de Dezembro de 2010 ás 23:56

    Também gostava Da Wease, com certeza é um final triste e uma parda significante para Portugal.

Comenta com força que é de graça!